EMOÇÕES

o-poder-de-um-boatoO mercado financeiro de uma forma global, sempre foi impulsionado 90% pelas emoções do indivíduo que compõe a massa de investidores, especuladores, traders, operadores, etc., do que por uma atitude fria e racional. E tampouco pelos aspectos técnicos que envolvem cada campo do mundo das finanças.
Dizem por aí, que a ciência econômica é muito certa quando analisada friamente, sem o calor das emoções. Mas, que quando um economista dá uma opinião acerca de qualquer fato relacionado à uma economia em crise, devemos fazer exatamente o contrário do que ele está dizendo para dar certo. Teoria.

Mas que de fato as emoções psicológicas influenciam as tomadas de decisão, num momento crítico de uma economia, muito mais do que as decisões racionais, isto é tão certo quanto 2 mais 2 são 4.
Os maiores órgãos da imprensa nacional, divulgaram esta semana, uma retirada em massa de dinheiro tão grande da Poupança, jamais visto em décadas.
O que motivou isto?
Se formos analisar pontualmente, iremos encontrar casos de pessoas que fizeram a retirada para cobrir despesas, por conta de um desemprego, por exemplo.
Mas, se formos analisar isto de forma global, iremos encontrar dados estatísticos muito mais levados por uma atitude emocional do que por uma atitude racional.
O medo de confisco pelo governo para cobrir seu déficit público por exemplo, ou para conter uma elevação nos índices de inflação como já aconteceu no passado recente no Brasil, etc.

 

  • Medo! Atitude emocional, que poder ser sem fundamentos justificantes.

crise-financeira

Um boato, de alguém que diz que o presidente do FED, falou determinada coisa, pode dar início à uma crise, que vira uma bola de neve!

Existem fatos técnicos que apontam o Brasil como um país alta e publicamente deficitário no momento.
Mas, Estados Unidos, Reino Unido, também são países que convivem com alto déficit público; porém, não são países de terceiro mundo (para mim, o termo países emergentes já caiu de moda há tempos).

A notícia do déficit público alto no Brasil, provocou medo (atitude emocional), dos investidores externos, que retiraram seus dólares aportados em investimentos em terras tupiniquim, o que elevou por conta de uma lei econômica básica (oferta e demanda por dólares), a cotação desta moeda frente ao real.

Uma determinada agência de rating lá de fora, retirou o “grau de investimentos” do Brasil, com relatórios técnicos embasados em endividamento público (o que como já disse, é comum em qualquer país hoje em dia). Isto reforçou o aspecto psicológico dos investidores, e seu medo de deixarem o dinheiro aqui.

O homem, em alguns momentos cruciais de sua vida, deixa de ser um ser racional, e passa a ser um ser eminentemente emocional; e o maior prejudicado acaba sendo ele mesmo.

No âmbito menor do mundo dos investimentos, como bolsa de valores, forex, opções binárias (ainda não encaradas seriamente como já devia estar sendo feito) não é diferente.

O medo faz as pessoas segurarem o dinheiro, e se privarem de bons rendimentos que estes mercados podem trazer para seu capital.
O mercado não morreu. O mercado está aí, e o dinheiro não foi evaporado; está aí no mercado, esperando que o investidor sábio, frio e que deixa as emoções de lado, estique a mão e o apanhe!
Corretoras de forex e opções binárias, deixaram de operar no Brasil! Que besteira é esta? Por conta da alta do dólar, que supostamente diminuiu a capacidade das pessoas que têm vontade de aplicar nestes mercados? Então por quê não baixarem os valores mínimos de depósito e comissões pagas para continuarem com o mercado brasileiro?

Muitas corretoras foram embora, mas outras corretoras aportaram aqui, percebendo nisto uma oportunidade!

crise-oportunidade-4.jpg.500x230.auto
E isto ficou bom, para o pequeno investidor que quer iniciar nestes mercados (forex e opções binárias); cito os dois, pois a quantia para se ter uma conta de investimentos em uma corretora de bolsa de valores, é absurdamente mais alta. Com estas novas corretoras de forex e opções binárias, o valor inicial de depósito ficou bem mais baixo, e das operações também.

Outras corretoras se adaptaram. A Empireoption  por exemplo, agora aceita depósito mínimo de 100 dólares. Ao cadastrar-se, solicite o depósito mínimo de 100 dólares, e diga que é promoção de Escolatrader e Sr. Gonzalo.

As emoções; o medo e a ganância, que são os principais fatores, quando diminuírem sua ação sobre o homem, teremos sim, um mundo com muito menos crises financeiras, e muito mais pessoas exitosas e prósperas nestes mercados, bem além dos parcos 10% de traders bem sucedidos de hoje.

vencendo-os-desafios-da-atual-crise-financeira-1-638

Até o próximo artigo.

2 Comentários em:
A PSICOLOGIA DA CRISE FINANCEIRA!

  • Parabéns pela postagem, professor DOC !!! Seus comentários e seus ensinamentos sobre o mercado de OB e FX, são verdadeiras pérolas!!
    Estou operando no mercado de opções binárias e forex hoje, graças a ter tido no meu início a escola TRADER e este grande mestre chamado DOC!!! Meu sucesso hoje, não tenho dúvidas em dizer, se deve a presenca das orientações recebidas de meu mestre!! Muito obrigado professor!!! Votos de muita luz, amor, paz e muito GAIN em sua vida. Abraço Luciano Ribeiro.

    • Obrigado pelo comentário. Isto nos dá força para continuar. Enviei um email para você.

      Dock Steiff

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça parte de NOSSA LISTA VIP!
Pepperstone Group Limited